notícias

Jardim da Assembleia Legislativa recebe muda de Pau-Brasil

Jardim da Assembleia Legislativa recebe muda de Pau-Brasil

Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017

O plantio de uma muda de Pau-Brasil, árvore símbolo nacional, foi realizado na manhã desta quinta-feira (20) no jardim da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). A espécie foi plantada em frente ao Edifício Tancredo Neves – prédio que abriga os gabinetes dos deputados estaduais.

A iniciativa foi do Instituto Gol de Classe (IGC), ainda em comemoração aos 324 anos de Curitiba. O Instituto já efetuou o plantio de quinze mudas da árvore na capital do estado. A muda plantada na Assembleia foi a de número catorze, tem cinco anos e mede aproximadamente 2,10 metros de altura. A de número quinze foi plantada, logo na sequência, no Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo estadual. No Brasil, o projeto é encabeçado pela Operação Pau-Brasil, responsável pelo plantio de mais de 100 milhões de mudas da árvore ao longo de vinte anos, como explicou o presidente do IGC, Victor Estevão. “O Instituto aproveita datas sazonais e comemorativas para fazer o marco em prédios e praças públicas. A Lei federal 6.607/78 indica esses espaços para que recebam plantas dessa espécie, praticamente devastada no passado”, explicou. “Aproveitamos para plantar também aqui no prédio da Assembleia, que não tinha uma amostra da espécie”, completou Estevão.

Na Alep, o plantio foi realizado pelo deputado Rasca Rodrigues (PV), presidente da Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais, que falou da importância do plantio de árvores e de ter o símbolo nacional no jardim do Legislativo. “Aqui nasce toda a legislação em relação à política ambiental do estado. Termos essa árvore símbolo por aqui é muito importante. Temos a Araucária, árvore símbolo do Paraná, e agora também o Pau-Brasil, símbolo do Brasil. A união das duas árvores representadas na Casa de Leis. Isso é extremamente importante para a conscientização das pessoas de que plantar é bom. É preciso reflorestar para que a gente possa ter um mundo mais harmônico em relação à natureza”, disse. Fonte: ASCOM ALEP

VEJA TAMBÉM

Assembleia sedia lançamento de livro e exposição de fotos sobre o tropeirismo e os Campos Gerais
Rasca e gestores discutem ações em prol dos animais para Pontal do Paraná
Audiência pública na Assembleia Legislativa debate questão da exploração econômica da água
Entidades entregam novo parecer contra a redução da Escarpa Devoniana ao presidente da ALEP
Desenvolvido por
Ubis Ideias Digitais logo
Ideias digitais