notícias

Cascavel recebe audiência pública para discutir o uso excessivo de agrotóxicos no Paraná

Cascavel recebe audiência pública para discutir o uso excessivo de agrotóxicos no Paraná

Quinta-Feira, 26 de Abril de 2018

A Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) – presidida pelo deputado estadual Rasca Rodrigues (Podemos) – em conjunto com a Associação Regional dos Engenheiros Agrônomos de Cascavel (AREAC) realizarão no próximo sábado (28), a partir das 9h, uma grande audiência pública para discutir o uso excessivo de agrotóxicos no Paraná. Lideranças políticas, órgãos de fiscalização do Governo do Estado, profissionais da agronomia, produtores agrícolas e especialistas no tema participarão do debate que acontecerá na sede da AREAC.

De acordo com o deputado Rasca, o objetivo principal do encontro é buscar soluções que levem à redução do uso dos agrotóxicos no estado. “A ideia não é apontar culpados, mas sim encontrar soluções e caminhos. Até porque todos nós sabemos que o uso excessivo de agrotóxicos é perigoso para a sociedade, perigoso para quem produz e para quem consume. Portanto, a solução está na conscientização do produtor, dos profissionais da agronomia e de quem fiscaliza”, explica Rasca.

Já o presidente da AREAC, engenheiro agrônomo Francisco Justo Jr., destaca que a audiência será um importante espaço para esclarecer publicamente as dificuldades dos profissionais e produtores. “Vamos colocar o ponto de vista dos profissionais e dos produtores, nossas dificuldades, e mostrar peculiaridades que levam ao uso desta quantidade de agrotóxicos”, completa Justo. 

Segundo dados da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), o município de Cascavel é o campeão em uso de agrotóxicos no estado - com quase duas mil toneladas em 2017. No mesmo período, em todo o estado foram usados mais de 92 mil toneladas de agrotóxicos, colocando o Paraná como vice-campeão nacional no uso de veneno. O Brasil, por sua vez, é o campeão mundial no uso, com mais de um milhão de toneladas por ano, de acordo com estudos da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco). 

“O Brasil é o país que mais consome agrotóxicos no mundo, há dez anos, e ao mesmo tempo tem a terceira maior produção agropecuária do mundo. A matemática não bate”, questiona Rasca, que tem liderado na ALEP os debates sobre uso excessivo dos agrotóxicos.

CONFIRMADOS – O promotor de Justiça de Cascavel, Drº Ângelo Mazzucchi Santana; o diretor da 10ª Regional de Saúde de Cascavel, Drº Miroslau Bailak; o diretor de Defesa Agropecuária da Adapar, Adriano Riesemberg; o presidente do Sindicato Rural de Cascavel, Paulo Orso; o presidente da Federação dos Engenheiros Agrônomos do Paraná, Ricardo Palma; o gerente de Sanidade Vegetal da Adapar, Marcílio Araújo; o secretário de Agricultura de Cascavel, Agassiz Linhares Neto; o chefe do núcleo regional da Secretaria de Estado da Agricultura, Manuel Chaves e o vereador Paulo Porto (PCdoB). 

 A audiência pública é aberta a toda à população e será dado o direito de manifestação a quem se inscrever durante o evento.

 

SERVIÇO:

Audiência Pública "Utilização de Agrotóxicos no Paraná" 

DATA: 28/04/2018

HORÁRIO: 9H

LOCAL: Associação Regional dos Engenheiros Agrônomos de Cascavel (AREAC)

ENDEREÇO: Rua Paranavaí, 1370, Cascavel/PR

VEJA TAMBÉM

Projeto que proíbe a retirada de penas de aves vivas é aprovado na ALEP
Estudo com diretrizes para o uso sustentável da APA da Escarpa Devoniana é apresentado na Assembleia
  Comitê reconhece o trabalho da Assembleia no arquivamento do projeto da APA da Escarpa Devoniana
Dia da Luta contra Discriminação Racial passa na Comissão de Direitos Humanos
Desenvolvido por
Ubis Ideias Digitais logo
Ideias digitais