notícias

A agroecologia precisa de mais apoio para se desenvolver, diz Rasca

A agroecologia precisa de mais apoio para se desenvolver, diz Rasca

Quinta-Feira, 29 de Maio de 2014

O deputado estadual Rasca Rodrigues (PV) disse, durante a abertura do “Paraná Agroecológico 2014”, que é preciso quebrar paradigmas para se mudar o atual modelo de produção de alimentos no Brasil e no mundo. “Não podemos mais aceitar o modelo imposto pelo agronegócio. Esta agricultura extensiva baseado no latifúndio e no uso indiscriminado do agrotóxico só será revertida com o apoio cada vez maior e mais eficiente à agroecologia. Incentivando cada vez mais a produção de alimentos pelo processo social, econômico e ambiental sustentável que a agroecologia representa”, declarou.

O “Paraná Agroecológico 2014” acontece no setor de Ciências Agrárias, da Universidade Federal do Paraná e vai até o dia 1º de junho, envolvendo vários setores técnicos ligados à agroecologia e diferentes públicos, entre os quais agricultores familiares, estudantes, professores, extensionistas rurais, profissionais do setor e consumidores. O evento é promovido pelas secretarias estaduais da Agricultura e do Abastecimento e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, com a parceria das prefeituras de Curitiba e da Lapa, e apoio da UFPR.

Rasca lembrou que no ano passado a Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei de incentivo ao sistema de produção agroecológico no Paraná de autoria do deputado estadual Elton Welter (PT) e que depois acabou vetado. “Nós trabalhamos e conseguimos reverter esta situação com o governador Beto Richa. Este é um exemplo de quanto é forte a resistência aos novos modelos de produção. O lobby contra é forte na Assembleia”, destacou Rasca, que lembrou que depois disso o governo abraçou a causa e criou o Programa Paraná Agroecológico. “Só na pressão podemos mudar as coisas.”.

O secretário de Agricultura do Paraná Norberto Ortigara disse que o evento  é importantíssimo e que é por isso que o Governo do estado apoia a iniciativa. “É um compromisso nosso apoiar a agroecologia. Nós defendemos um modelo de produção sustentável e fazemos a melhor política de apoio ao setor”, disse ele. O secretário também elogiou a postura do deputado Rasca na defesa da agroecologia. “O Rasca é comprometido com a causa. E como agrônomo defende a agroecologia com muita propriedade.”

VEJA TAMBÉM

NOTA DE PESAR - Osmar Borges Drumond
NOTA DE PESAR: Henor Reis
Deputados dão início a Semana da Alimentação Saudável na Assembleia Legislativa
Turismo rural na Rota dos Tropeiros passa a ser reconhecido como atividade rural
Desenvolvido por
Ubis Ideias Digitais logo
Ideias digitais